Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Domingo di sór" (O diário de um pobre)

Lá tô ieu aqui dinovo
Pra mais uma adiventura
Antis dela vou cumê meu ovo,
com mostarda e rapadura

Arresorvi tirar umas férias
Dos meus fios e marido
Do pagode e da cerveja
E do meu barraco caído

No meio da rua fui assartada
Mas botei o bandido pra corrê
Fui correndo atrás dele pra batê
Dispois fiquei traumatizada

Vortei pra mia casa, sofrida
E arresorvi descansá
Então o meu cachorro cum preguiça
Usou o tapete da sala pra cagá

Eu metilie o cacete
Mas dispois fiquei cum pena
Dei pra ele um rabanete
E fui fazê minha novena

Rezei muito pra Nossa Sióra
E pidi por proteção
Mas acabei na merma hora
Pusquê ia começar o Faustão

Sentei na portrona, sossegada
Cum meu pãozim cum banana
Então chegô minha fiarada,
e meu marido, o safardana

- Acabôsse meu sussego!
Meu Jizuis di Nazaré!
Ieu tô até cum medo
De não lixá as unhá do pé!
Daniel Bartholomeu
Enviado por Daniel Bartholomeu em 07/04/2006
Código do texto: T135057
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Bartholomeu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
48 textos (3764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:33)
Daniel Bartholomeu