Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CAUSO DO VAGALUME TARADO.

Um vagalume era muito tarado... na floresta não havia um inseto (fêmea) que ele não havia defenestrado... traçava todas as “insetas” e elas adoravam. Ele era mesmo um garanhão!
Certo dia uma abelha rainha ficou sabendo das façanhas do vagalume tarado. O zangão, seu marido, não estava mais dando conta do recado... e ela já estava subindo nos favos de tanta loucura de ser amada. Era a rainha mais poderosa de todas as colméias...
Então, sutilmente ela mandou uma emissária atrás do vagalume tarado, pois segundo diziam a lanterna dele nunca se apagava.
A emissária da rainha o encontrou triste e sentado num galho de uma árvore com a mão no queixo... e então, disse a ele o que a rainha pretendia: uma linda noite de amor com ele!
— Impossível — disse ele, tristonho.
— Mas a rainha vai ficar enfurecida! Um pedido dela é uma ordem! - retrucou a emissária. - Por que não pode atendê-la?
— Ontem eu estava paquerendo pela floresta...  a noite estava escura e eu vi uma luzinha piscando... era uma luzinha forte... Então, pensei que era uma vagalume me convidando para o acasalamento... saí voando como um louco e ao me aproximar daquele rabindo luminoso eu crau! Fui com tudo!
— E aí... - indagou a emissária da abelha rainha.
— Era um solitário viajante dando boas tragadas em um cigarro pela noite...
— Hummm - exclamou a emissária.
Fim.
Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 09/04/2006
Código do texto: T136308

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (377061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:12)
Lucas Durand