Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não tenho medo de onça...

      Vou contar uma que você não vai acreditar. Mas não tem importância – essas coisas são assim mesmo...

      Eu ia pela mata (não sei qual), totalmente desarmado (não sei porque), tranqüilo (acho que sei porque) e de repente me aparece uma onça pintada (mas não era no quadro; era na minha frente mesmo – em carne, osso e dentes!)

      Assim, do nada... Olha para mim (com aqueles olhos hipnotizadores) e me diz, ameaçadoramente:
     
      - Você invadiu meu território!

      - Engano seu – respondo-lhe na bucha, sem medo – o sonho é meu!



            Inspirado n'O Causo da Onça - de Lucas Duran
Lourenço Oliveira
Enviado por Lourenço Oliveira em 25/04/2006
Reeditado em 14/05/2006
Código do texto: T145148
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lourenço Oliveira
Salesópolis - São Paulo - Brasil
1277 textos (109629 leituras)
23 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:24)
Lourenço Oliveira