Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIZER SEMPRE A VERDADE


A mãe chegando esbaforida das compras pergunta ao filho que está na sala brincando com os seus carrinhos:
- Filho, onde está teu pai?
- No quarto da Maria experimentando o feijão dela.
A mulher partiu para o quarto da empregada e flagrou o marido com a boca na panela de feijão da Maria. Foi aquela confusão. Despedida a empregada e a mulher pedindo o divórcio, o pai chamou o filho e começou a repreendê-lo:
- Escuta aqui seu moleque, como é que você entrega seu pai assim, de bandeja. Você merecia umas boas palmadas.
- Mas papai, foi o senhor mesmo que me disse que eu devo dizer sempre a verdade, mesmo que a casa caia!

Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 15/05/2006
Código do texto: T156738

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343046 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:34)
Maria Hilda de Jesus Alão