Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANDIDATO SEM RECURSOS

Postulante a uma vaga no legislativo municipal dos Cafundós, um candidato de poucos recursos e sem apoio financeiro do partido... Fez uma boquinha em casa logo cedo e saiu à cata dos votos, ou seja, partiu para campanha eleitoral no corpo a corpo. No sítio escondidinho, sua primeira visita; - Ô de casa! A casa estava oca ou o morador tinha as oiças curtas. Ninguém atendeu. Noutro domicílio foi até bem recebido. - Vim lhe pedi uma ajuda, exclama o político.  - Se for dinheiro, tire o seu cavalinho da chuva, estamos vendendo o almoço para comprar a janta, respondeu o eleitor. – Não é dinheiro, apenas os votos da família. – Nosso único bem é o voto e, este não damos, vendemos. Passava do meio dia e o eleitorado visitado não lhe ofereceu sequer um cafezinho. Numa reunião para platéia acanhada o pretendente a edil apresentou seu plano de trabalho e fez um desabafo: - Muitos pensam qu’eu sou rico, mas, desde cedo estou somente com um ovo. Um dos presentes, que tudo ouvia no fundo da sala onde o candidato trepado num tamborete proferia seu comício, perguntou: - Vereador, e o outro? Não me diga que o senhor é castrado!

Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 25/05/2006
Reeditado em 14/03/2015
Código do texto: T162629
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
507 textos (70676 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:04)
Chiquimribeiro