Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contas pendentes

Contas pendentes

Conta-se que todos os dias um pândego e desocupado cidadão da minha cidade passava em frente a casa daquele caloteiro da Vila e o comprimentava de maneira jocosa e que ninguém entendia :
- Bom dia Senhor Rosário ! Boa tarde Senhor Rosário ! Boa noite...
O homem se encheu e colérico deu uma raivosa surra no gozador.
Indagado do motivo da cólera respondeu que odiava ter seu nome trocado. A vítima tentou se justificar e acabou piorando a situação:
-Que tem chamar-te Rosário, pois tens tantas contas pendentes...
Paulo de Tarso
Enviado por Paulo de Tarso em 31/05/2006
Reeditado em 02/09/2006
Código do texto: T167022
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
94 textos (11229 leituras)
3 áudios (1048 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:12)
Paulo de Tarso