Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas de crianças

Minha filha está no último ano do curso de Nutrição, e portanto tem que fazer estágio supervisionado em hospitais, em um quartel da Polícia Militar e em uma escola municipal.
Após o término de uma das palestras, que minha filha e mais duas colegas, ministraram para as crianças de sete, oito e nove anos, sobre alimentação saudável, com explanação sobre a pirâmide de alimentos, vieram as perguntas: - Vocês sabem agora para que serve o Ferro na alimentação? Um menino levantou-se e sem pestanejar disse: - Pra fazer cercas nos muros...  Após veio outra perguntinha: - E sobre o Cálcio, o que vocês podem falar agora? Outro menino mais que depressa: - Eu cálcio meu tênis sózinho... E, elas seguiram, na tentativa de analisar o conhecimento das crianças: - E sobre a pirâmide alimentar, o que vocês podem dizer, pra que serve? - Pra gente ficar magrinho que nem a senhora...
   As estagiárias, já quase sem ânimo pra continuar, insistiram nas perguntas, e voltando e explicando tudo novamente, quando uma menininha, levantou-se foi para frente da sala e puxou no jaleco da colega de minha filha: - Tia, eu agora durmo sózinha no meu quarto...
Outra menina, aproveitando a deixa, veio correndo para frente dizendo: - Amanhã é meu aniversário, professora...
E, nesse momento veio a inspiração para falar sobre os doces. Explicaram a importância de não exagerar, de uma maneira simples falaram da necessidade do equilíbrio de açúcar no organismo, nem muito, nem pouco. Falaram até da higiene bucal,principalmente depois de comer doces. Ia tudo muito bem, eles prestavam atenção, situação sob controle, quando um menino, prostou-se diante da turma e em voz firme, declarou: - Minha mãe não me dá doce, só um pouquinho,mas quando eu quero mais, ela não dá e não dá, nem que eu "pido"...
   Ainda bem que já era hora de terminar a palestra...
NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 09/06/2006
Código do texto: T172530
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:37)
NENINHA ROCHA