Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E vamos rir que é muito bom!!!!

E VAMOS RIR QUE É MUITO BOM!!!

  Eu estava morando naquela casa havia quase um ano, desde que me casei, quando vieram morar na casa vizinha a família de um sargento do exército. Logo ficamos amigos, pois eles eram gente muito bacana, mesmo. Tudo que se passava aqui em casa eu conversava com a Tia Chica, uma senhora de idade, solteira, que havia criado o sobrinho, agora militar. Acabou cuidando dos filhos dele, dos sobrinhos, netos e nunca se casou. Era para mim, mais uma mãe. cuidou também dos meus três filhos. Ela sempre vinha por cima do muro, que era baixo e me chamava pra mais uma história. meus filhos a adoravam.
  Muitos familiares de militares conviviam com eles, e acabamos ficando amigos de tantos, também. Conhecemos a família de um tenente, que eu só o chamava de Tenente. A esposa estava grávida do terceiro filho e tudo ia muito bem, até que um dia, a Tia Chica me chamou e contou que a mulher não estava passando bem, uma hemorragia a levara ao hospital aqui da cidade. Ela precisava de uma cirurgia e por causa do plano de saúde deles, a levariam para a capital. Eu não sabia muito bem como funcionava o plano de saúde do exército : FUSEX, essa era a sigla...
  Passados uns três dias, Tia Chica veio me contar que ela perdera o bebê e que lamentavelmente ficaria estéril. Eu fiquei muito triste com isso e na hora do almoço fui contar a história para o meu esposo, muito lamentosa, detalhei cada palavra que Tia Chica havia me falado. No final, meu esposo, intrigado perguntou-me, do por quê de terem levado a mulher para a capital, sendo que temos ótimos hospitais. Eu, muito, entristecida e inocente, respondi a ele: - Não sei, mas a Tia Chica disse que foi porque o "Seu FUSEX", marido dela quis assim...
  ...até hoje eu dou risadas sózinha  ao lembrar dessa história...
NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 12/06/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T174016
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:10)
NENINHA ROCHA