Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LULA RESPONDE A CAMINHA

(Parodiando poema imortal de Casimiro de Abreu, intitulado "Meus oito anos")
 
Romeu Prisco
 
Sabe? que saudades não tenho
Da minha Caetés nativa
Da minha São Bernardo adotiva
Que os anos deixaram pra trás !
Livre de assembléias, lutas e piquetes
Em manhãs monumentais
À porta das montadoras
Cercado de policiais !
 
Sabe? difíceis foram os dias
Do desabrochar do PT
Quando a greve era solução
No combate à porra da inflação !
Pois agora, companheiro Caminha,
Que finalmente  pra "lá" migrei
Quero mais é andar na linha
Pra não acabar como o Sardinha !
 
Sabe? nada mais de fala atrevida
Com o microfone na mão
Pra pregar uma nova invasão !
Agora, companheiro Caminha,
Quero distância de todo dilema
Por isso calo e nego apoio ao Rainha
Ou me crio um  baita problema.
 
Sabe? mais saudades não tenho
Quando estava na oposição
Botando fogo na situação
E criando a maior confusão.
Porque agora, companheiro Caminha,
Até o professor Lembo prefiro ajudar
No combate ao tal de Marcola
Do que ter de voltar pra escola.
 
Sabe? que saudades isso lá tenho
Dos meus hábitos alimentares
Com muito mocotó e manjares
Que os anos deixaram pra trás !
Porque agora, companheiro Caminha,
Me impuseram um puta regime
Nada de feijão com farinha
Que isso pra mim é um crime !
 
Sabe? que saudades também tenho
Do meu futebol de campeão
Quando a esquerda batia um bolão
Enquanto a direita assistia televisão !
Porque agora, companheiro Caminha,
Muito pouco participo de pelada
A Marisa não deixa pisar na graminha
Só gesticular na esplanada !
 
Sabe?  nem sei se saudades tenho
Do tempo que reforma era obrigação
Só do FHC, como chefe da nação !
Porque agora, companheiro Caminha,
Que estou dando uma de patrão
Quem diria, preciso entrar de sola
No provento dos idosos
Deixando-os a pedir esmola !
 
Sabe?  saudades talvez tenha
Do nosso sindicato querido
Sob o longo comando sofrido
De um partido sempre unido.
Porque agora, companheiro Caminha,
A cambada não está se entendendo
Parece os Big Brothers da telinha
Onde os manos terminam se ... comendo !

-------------------------------------------------------------
Romeu Prisco
Enviado por Romeu Prisco em 15/06/2006
Código do texto: T175800

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romeu Prisco
São Paulo - São Paulo - Brasil
142 textos (31849 leituras)
9 áudios (4848 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:11)
Romeu Prisco