Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA PRIMEIRA VEZ

Romeu Prisco
 
Na primeira vez que desobedeci mamãe,
aconteceu o que ela estava prevendo.
 
Na primeira vez que tirei fotografia,
saí com os olhos fechados.
 
Na primeira vez que nadei em piscina,
não fiz xixi n'água. Na última,
também não.
 
Na primeira vez que fui a um restaurante,
comi o enfeite de manteiga, crente de
que era um quitute.
 
Na primeira vez que amarrei um espelho
no cordão do sapato, fiquei um mês sem
assistir às aulas da linda professorinha
de inglês, Miss Baby.
 
Na primeira vez que tomei anestesia
no dentista, entortei a agulha da
seringa. Na última, puxei uma palha
de boca aberta.
 
Na primeira vez que tomei água
em bebedouro, na sala de espera
de um cinema, o primeiro jato
se infiltrou no decote de uma
senhora, que estava sentada ao lado.
 
Na primeira vez que me dirigi
a um juiz, chamei-o de meretríssimo.
Na última, fiquei com vontade de
repetir a primeira mancada.
 
Na primeira vez que votei,
o meu candidato "sifu".
Nas últimas, eu "mifu".
 
Porém, entretanto, contudo, todavia,
na primeira vez que...
Bem, deixa pra lá.
Afinal, sempre há uma
primeira vez.
Romeu Prisco
Enviado por Romeu Prisco em 03/07/2006
Código do texto: T186737

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romeu Prisco
São Paulo - São Paulo - Brasil
142 textos (31850 leituras)
9 áudios (4848 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:43)
Romeu Prisco