Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Opinião de matuto!

Opinião de Matuto

     Meu compadre assumiu a segunda gestão de um município recém emancipado, e sabendo que a luta não seria nada fácil, convocou uma assembléia de dirigentes municipais. Essa direção estava composta pelas pessoas mais interessadas pelo progresso do pequeno lugar. Desse modo, pelo menos 15 pessoas foram dando o ar de suas graças, para a assembléia que o "Seu" Prefeito havia tido a idéia, com o devido intuito de agilizar as várias secretarias já criadas.
     A dita reunião havia sido marcada para, exatamente 15:00 hs, visto que meu compadre não admitia atrasos, pois outros assuntos teriam que ser resolvidos ainda naquela tarde.
     Não passava das 14:00 hs e muita gente foi-se apinhando na ante sala do gabinete do prefeito. Por ordem de urgência, foram sendo tratados em primeiro lugar, os assuntos relacionados à saúde da população. Nesse ítem, estava inclusa a questão dos esportes, principalmente em se tratando de uma comunidade muito animada, pensou-se em trazer de outros centros, profissionais que pudessem vir atuar junto à mesma, inovando algumas práticas esportivas, que por alí não se havia feito conhecer.
    Seguindo a pauta do dia, várias decisões foram sendo tomadas e aceitas, juntamente com o povo repesentado alí, por aqueles mais interessados.
    Porém, um assunto ficou no ar: QUE ESPORTE TRAZER PARA ESTA COMUNIDADE? QUE TIPO DE PRÁTICA ESPORTIVA A POPULAÇÃO VAI QUERER???
    Falou-se em futebol, vôlei, basquete, ping-pong e até tênis de quadra. Nada era aquilo que se queria por alí. Então o prefeito teve a idéia, lembrando de seu sobrinho que apenas com 12 anos praticava KARATÊ, e havia adquirido uma disciplina físico/emocional exemplar.  Pensou muito em cogitar essa idéia. O povo alí era muito humilde e simples. Poderiam levar a mal entendido o anseio do prefeito e da secretaria de esportes. Mas, em virtude do não-acordo entre todos os presentes, ele resolver arriscar, e, com voz decidida falou: - Eu acho que precisamos trazer para cá um tipo de esporte que proporcione, una, tanto o condicionamento físico, quanto o intelectal, e ainda crie nas pessoas o gosto pela disciplina... Todos olharam para o prefeito e : - Hannnnnnnnnn? E o que o "seu" Prefeito tá pensando aí, agora? Que diacho de esporte haverá de ser tudo isso aí? E o prefeito, alçou a deixa de curiosidade e falou entusiasmadíssimo sobre o que sabia do KARATÊ.
    A conversa, finalmente, fluiu e num entusiasmo de dar gosto, decidiram pelo KARATÊ.  Foi nesse instante que entrou na sala, um dos mais entusiasmados eleitores do prefeito - O Barreiro,(imaginem o porquê desse apelido), pisando forte. Era também um dos motoristas da prefeitura, conduzia as pessoas até à cidade maior, mais próxima e com mais recursos, principalmente bancos, hospitais, lojas e etc....
Sem saber do que se tratava, e muito mais ignorante que todos alí, o velhote foi entrando sem pedir licença, direto no gabinete do prefeito. Este, que tinha muita estima pelo velho, indagou querendo introduzí-lo naquele instante decisório para aquela comunidade: - Ô Barreiro, o que voce acha do KARATÊ? O pobre ignorante da conversa e do referido esporte, disse decidido:
     - Pois, oia "seu" Prefeito, eu acho que é muito bom o CARA TÊ(r), muito bão mesmo, pois se o CARA tivê as coisas, nunca que vem pedir nada aqui na Prefeitura...




NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 06/07/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T188923
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:36)
NENINHA ROCHA