Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paulista “esperto” virou piada de mineiro!

Disseminou-se na região a idéia de que garrafa dágua sobre a caixa do medidor (relógio) de energia traria economia no consumo. É incrível como boatos infundados transformam-se fácil e rapidamente em verdades aceitas sem questionamento, mesmo sem compreensão da suposta teoria.

Um dia um paulista viajando pelo norte de Minas, divisa com o sul da Bahia, observou que na área das casas onde estavam instaladas as caixas com os medidores de luz havia, na maioria delas, uma garrafa com água potável sobres estas caixas.

Curioso, o paulista perguntou a um dos moradores se aquilo era para economizar energia. O mineiro, pensando tratar-se de uma ironia, confirmou. O paulista, retornando à sua cidade, espalhou sua “descoberta”. Foi como fogo em rastilho de pólvora. O paulista virou, com isso, piada de mineiro...

Só que agora, além de não economizar energia, ainda gasta mais com água. Há quem coloque dúzias de garrafas pet amarradas entre si sobre a caixa - com risco, inclusive, de acidente.

Na verdade, o mineiro adquiriu esse hábito por causa dos carteiros. Por ser uma região naturalmente quente, era comum vê-los pedindo água nas casas. Os moradores resolveram, então, facilitar suas vidas – do carteiro e deles – sem precisar interromper seus afazeres para atendê-los. Por isso deixam as garrafas sobre as caixas do relógio. É um lugar seguro e fresco (na área da casa) e por isso a água é limpa (potável). O carteiro já sabe do esquema e não precisa pedir – é só pegar e beber!

Mas o paulista não sabia!

Lourenço Oliveira
Enviado por Lourenço Oliveira em 07/08/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T211329
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lourenço Oliveira
Salesópolis - São Paulo - Brasil
1277 textos (109617 leituras)
23 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:49)
Lourenço Oliveira