Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
QUEM FEZ O FEZ DE SALIM?

Salim estava radiante e bastante apreensivo. Ele precisava se organizar para participar da festa de formatura de seu primogênito e apressadamente foi à casa do seu compadre Kaled encomendar a confecção de um barrete novo. Numa situação igual àquela ele não podia decepcionar o seu garoto.
Salim era uma pessoa muito vaidosa e tinha a necessidade de estar bem apresentável durante aquela solenidade de formatura e o seu compadre Kaled era a única pessoa da comunidade em que ele confiava e capaz de providenciar um barrete digno de uma festa de gala. Ninguém faria algo melhor e, além disso, o preço de seus produtos era o mais competitivo da região.
- Trato aprazado e discutido é trato devido e deve ser cumprido – esse era o lema comercial do Salim e no entender dele o seu produto depois de pronto tinha de ser bem apresentável, o mais bonito de todos. Mas para sua surpresa não foi isso o que aconteceu.
A encomenda que ele fez ao Kaled só ficou pronta no dia da festa de formatura, e assim que o seu compadre a disponibilizou para uso, Salim logo percebeu que a mão-de-obra e a qualidade do material estavam muito aquém de suas expectativas.
Muito chateado com a pretensa trapaça do seu compadre, ele o procurou para uma “conversa de homem p'ra homem” e assim se expressou:
- Compadre Kaled, foi mesmo o senhor quem fez mal feito o meu fez?
Kaled, meio desconfiado e bastante preocupado com tudo aquilo que havia acontecido, pois era a primeira vez que ele estaria contrariando o seu amigo e compadre, tentou contemporizar:
- Compadre Salim, não fui eu quem fez o seu fez. Na verdade, eu não sei ao certo quem o fez assim mal feito, pois como o senhor sabe, eu tenho muitos empregados que trabalham no setor de confecções desse produto. Mas eu prometo que vou descobrir quem me desobedeceu.
- Eu acho bom mesmo, compadre Kaled, pois noutras ocasiões seu pessoal já fez coisa bem melhor – retrucou Salim.
Aquela conversa meio nervosa, de ambas as partes, se arrastou por mais de uma hora; os seus reflexos por vários dias, sendo que nada ficou resolvido. Nem Kaled descobriu quem fez mal feito o fez de seu compadre e nem Salim decidiu pagar o produto recebido.
A festa de formatura do filho de Salim foi muito bonita e naquela noite Salim comeu e bebeu à vontade, mas uma coisa ainda continua intrigando a todos.
- Será que Kaled já conseguiu descobrir qual dos seus empregados fez mal feito o fez encomendado pelo seu compadre Salim?
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 29/08/2006
Reeditado em 03/12/2008
Código do texto: T228308
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Germano Correia da Silva
São Paulo - São Paulo - Brasil
454 textos (52245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:15)
Germano Correia da Silva

Site do Escritor