Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRANSPORTE ALTERNATIVO

Porra meu! O cara é meu amigo, mesmo que não fosse, seria antiético da minha parte relatar o fato e delatar o pai da criança. Todo esse lereado aconteceu nos Cafundós.  Esse meu amigo é chegado a meropeia, muita meropeia mesmo. Ele só se contenta quando ultrapassa limite. O moço não bebe um litro ou dois da branquinha, sempre quer mais e muito mais. Fala que porre, só é porre quando tem boneco. Meus amigos, mas, é tanto boneco que nem presta. Ao chegar em casa  bem lombrado, sua mãe lhe oferece um sonrisal e ele recusa. – Porra, minha velha acabei de consumir cinqüenta reais de cana e a senhora quer me curar com  cinqüenta centavos!  Assim fico no prejuízo. Mas, folclórica é sua chegada em casa depois de cada porre. Como gastou todos os trocados com pinga e espetinho de gato, sobrou pouco para o transporte, para pagar o frete da moto táxi. Então, ele parte para o transporte pra lá de alternativo, “carrinho de mão”. Por apenas oitenta centavos um catador de lixo transportou o bebum do bar até sua casa.
Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 02/09/2006
Reeditado em 14/03/2015
Código do texto: T231213
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
507 textos (70778 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:15)
Chiquimribeiro