Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PRIMEIRO RÁDIO

Acredite se quiser, mas, meu avô me contava sobre a chegada do primeiro rádio em nossa região dos Cafundós. A chegança da estrovenga trouxe um grande reboliço na redondeza, era homem, mulher e menino todos correram para casa do coroné ouvir as coisas faladas pelo bichim barulhento. Era um troço de madeira com vários botões, diziam que ele sofria da garganta, pois a voz era tão rouca que muitas vezes não podiam distinguir o falatório. O coroné deu inicio a cerimônia de apresentação da geringonça. Girou o primeiro botão e falou para a platéia: - Vocês estão ouvindo a rádio BBC de Londres, mais uma girada e agora sintonizou a rádio nacional de Berlim, foi assim com várias giradas de botão sempre numa estação estrangeira.  Num instante girou o botão ao contrário dizendo: - Rádio Borborema de Campina Grande na Paraíba. O povo foi tomado pelo susto, João de Bia afastou-se de banda e bradou. – Coroné, o senhor pensa que a gente é besta! Fique sabendo o senhor que, essa caixinha de madeira com essa matraca rouca pode até falar dessas tá de BBC Londres, nacioná de Berlim, mas, de Campina Grande na Paraíba no fim mundo, nunquinha qu’eu acredito seu maldito!
Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 14/09/2006
Reeditado em 15/03/2015
Código do texto: T240274
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
507 textos (70803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:39)
Chiquimribeiro