Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU AMIGO, COMO ÉS PESSIMISTA…



És meu amigo!
O meu fiel amigo,
E sei que não levas a mal
Quando faço um ponto final
Contigo…

Não é nada demais!...
Apenas me aborreço com teus ais
Pois, o teu pessimismo
E o triste conformismo,
Já se tornam banais…

Nossas conversas,
Nunca são conversas
Mas um monólogo somente,
Em que tu me ouves atentamente
Com paciência perversa...

Mas vai dar sempre em nada!...
Questionar-te, é conversa acabada
Por esse rude lamento
De quem vive em sofrimento
E da vida não espera nada…

Dizes sempre que está… Mau!
Que tudo sempre estará… Mau!
E eu sem saber como reagir
Fico escutando... Olhem estão a ouvir?...
“ Miau! Miau! MIAUUUUUU!!!”

Olha: Toma lá um carapau!...



Adolfo Dias



HENRICABILIO
Enviado por HENRICABILIO em 28/09/2006
Reeditado em 06/03/2008
Código do texto: T251788
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.Henricabilio.web.pt). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HENRICABILIO
Caldas Da Rainha - Leiria - Portugal, 55 anos
573 textos (246188 leituras)
20 áudios (22305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:53)
HENRICABILIO