Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa Caipira. 1. (O causo da Maria Bandinha)

O Causo da Maria Bandinha...

Numa pequena cidade do interior, pacata, donde tudo qui acuntece todo mundo fica sabeno, sucedeu o acunticidido...
Uma mocinha dota cidade mudou pra cidade donde o fato acunteceu. Intonce, claro, todo mundo quiria pô as mãos nela. Todo mundo no modo de dizê, os homi casado e rapaiz da cidade, claro, mode ser o primeiro a dá uma cafifada naquela moça bonita, meio bobinha e que era nova no pedaço.
Bão, daí uns dias, surgiu o cumentário em boca miúda de que ninguém consuguia bota os mijadô pra brigá cum ela, o saco do infeliz doía muito na hora da furunfa e o cara dizistia. E a moça doidinha pra mode casá! E cuntinuava virge!
O mistério foi intão discuberto! Ela só tinha uma banda da increnca, tinha um defeito de nacença! Intonce, quando argúem tentava dar uma cafifada nela, um bago do sujeito ficava isprimido e doía, pois não dava incaixe!
E o tempo passô... e ninguém consiguia satisfazê a tar de Maria Bandinha, cumo passô a cê chamada na cidade, pois o lado direito da increnca dela não havia. Só tinha  aquela saliênça do lado esquerdo.
Cumo pra todo pé torto tem um sapato véio... um dia pareceu na cidade um rapaiz. E todo mundo percebeu que ele era meio acanhado cum as muié... Vai daqui, vai dali, discubriro o problema! Ele era roncôio... isto é, fartava um bago nele... e logo o bago direito! Ele só tinha o bago do lado esquerdo...
Ah, quando suberô disso, um bom samaritano logo apresentou os dois numa noite... e eles foram fazê bobage!
Santo Deus! Os mijadô incaxaro qui nem uma engrenage... e eles se casaram e viveram felizes para sempre!

Fim.

Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 18/11/2006
Reeditado em 22/01/2009
Código do texto: T295006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (377110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:14)
Lucas Durand