Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa Caipira. 2.(O causo da Lua de Mel)

2) O Causo da Lua de Mel.


Nóis armenta, mais num inventa!
Contaram-me para mim, qui adispois de um bão tempo de namoro e um noivado muito sério os noivo marcaro o casório.
Tanto ele como ela era virge! O rapaiz, trabalhadô, direito, nunca havia dado uma cafifada, como também tinha uma baita fimose, e mal sabia o que era isso! Pra dar uma mijadinha, male e male custava a aparecer o zoinho do bililiu...
A moça, também, mal sabia o que era sexo! O que sabia, aprendeu de ouvido, vendo suas colegas falar sobre o assunto, e era tão apertada que custava até mesmo fazer um xixi.
Bão! Foi um festão na fazenda! E cumo num tinha ricurço mode uma viagem de lua de mel, foram para um quarto mais ao fundo da casa para a primeira noite.
Beijaro, abraçaro e coisa começô a pegá fogo! No iscuro, foram tirando a roupa e o rapaiz virô um lião im riba dela. Aí, aí... Parou logo na primera tentativa! Doía muito o bililiu dele! E a moça gostando do trem o intusiasmava a continuar... Ele, afoito, vinha de novo! Mas doía e ele parava... e a moça num tava agüentando mais. Tava duidinha mode isprimentá a coisa...
Intonce, já perdendo a paciença, ela inverteu a posição e passô puriba dele... deu umas três fofadinha e um calor supitô nela e ela vapt! Sentô im riba do bililiu do rapaiz de uma só veiz!
O jovem sortô um supapo nela qui ela caiu do outro lado do quarto, sentindo o couro do bililiu até no saco, cumo se puxasse a pele dum pescoço de um franco e deixasse ele no osso e sangue pra todo lado!
Foi aquele corre, corre! Inrolaro o bililiu do rapaiz com uns panos e arrumaro às pressa um cavalo mode levá o rapaiz pra cidade mais próxima mode tratá do depenado bililiu... e a lua de mel foi adiada pra daí uns bão meses...

Fim.
Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 18/11/2006
Reeditado em 23/01/2009
Código do texto: T295009

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (377063 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:47)
Lucas Durand