Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre as toalhas.

Sempre me intrigou o uso da toalha, tanto a de banho quanto a de rosto. Toalhas são muito solitárias e passam o dia inteiro penduradas esperando para serem molhadas e depois que secam a "vida" volta a ser a mesma. Temos o uso da toalha de banho para vários fins, enrolar na cintura, é um deles, o que deixa-as bastante desconfortáveis pois ao enrolar na
pressionamo-las contra partes ingratas do corpo deixando-as constrangidas.
Fora o uso delas enroladas, temos o clássico chapeuzinho das mulheres para secar o cabelo, enrolando cruelmente a toalha em várias voltas para absorver melhor a água do cabelo. Nem preciso comentar que isso é de uma crueldade tamanha já que ao enrolar a mulher acaba distorcendo o seu formato original (da toalha). E com isso diminuindo a vida delas.
Tirando todas as maldades feitas com as tão amadas toalhas temos também o uso indiscriminado em situações limite. Como por exemplo em casos de diarréia. Pois depois de cagar tudo que pode o indivíduo passa o rabo no bidê que nem a cara dele e limpa na toalha ! Deixando resíduos um tanto duvidosos nos pêlos do utensílio. Mal lembra ele que no dia seguinte onde ele passou a bunda ele vai estar enxugando o rosto depois de um bom banho morno.
O caso das toalhas de rosto é ainda pior. Pois todos que passam pelo banheiro depois de mijar, cagar ou lavar as mãos acaba usando-a. No fim das contas ela é a que mais sofre pois não tendo tempo de secar acaba com uma murrinha duca, o que acaba espantando os usuários para as toalhas normais. Já foi estudado a fundo o estado de depressão das toalhas de rosto e constatou-se que elas tem uma vida útil menor que as de banho.
Mas apesar de tudo as toalhas têm uma boa vida. O que não encontra o tapete, que na verdade é uma toalha que perdeu o cargo e foi para o chão. Veja que situação humilhante. Enquanto as toalhas de banho pegam toda a água proveniente de um banho o tapete acaba com alguns pingos e respingos dos restos mortais do banho. Além de ser pisado todo dia o tapete ainda sofre com possíveis sujeiras acumuladas as solas dos pés e nas dos sapatos.
Agora o que mais me intriga mesmo é para onde vão as toalhas velhas. Assim como dúvidas pertinentes clássicas do povo como por exemplo: para onde vão as sombrinhas (ou guarda-chuvas)?; os restos de borrachas?; e até a dúvida mor de onde vem os chesters defumados?
Crio então mais uma dúvida cruel. Para onde vão as toalhas velhas? E as de rosto? Vão para o mesmo local?
Sem comentar que existem ainda versões miniaturas das toalhas de rosto, que geralmente são as mais problemáticas, pois devido ao seu tamanho diminuto ninguém consegue enxugar as mãos nelas o que as deixa profundamente depressivas se questionando do porque elas existirem, pois não conseguem satisfazer a necessidade básica de uma toalha normal.
Pensando bem ainda temos alguns tipos de toalhas, aquelas de praia bem grandes que servem unicamente para acomodar a bunda dos outros, temos aquelas toalhas feitas de papel que são utilizadas para os mais incríveis intuitos. Entre outras essas toalhas também devem ter o mesmo destino das outras. Mas temo ter levantado um tema em que todos iram rir e chacotar. Só espero que eu tenha capacidade de achar as respostas. De onde vieram e para onde vão ?
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 02/07/2005
Código do texto: T30473
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273036 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:31)
leandroDiniz