Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa Caipira. 15. ( O Cumpadi Jão Num Toma Jeito)

Meu cumpadi Jão num tem jeito memo!

Isturdia ele foi na Casa da Lúiz Vermêia aqui do Arraial... outros chamam lá de ZBN, Zona do Baixo Meretrício...
Minha nossa... quando ele tava lá começô um pé dágua danado, relampiava, truvejava e paricia qui o mundo tava acabando. E intão, né... a energia do Arraial foi imbora e tudo ficô um breu danado! Num si inxergava um parmo na frente do nariz. O cumpadi Jão catô uma muié pela mão e sumiu prum quarto cum ela. Cumo tava tudo iscuro... ele pediu pra ela dizê o qui tava fazendo... mode dá mais intuziasmo nele...
- Tô tirano a blusa... (e ele cumecô a tirá a roupa tamém)
- Tô tirano o porta-seios (pros ceis aí na cidade é sutiã)
- Tô tirano a saia... (e o cumpadi naquele intuziasmo acabano de ficá pelado)
- Tô tirano a carcinha... (e o cumpadi Jão naquela iscuridão todo sastifeito da vida)
Aí, ele priguntô pra ela:
- Ocê faiz 69?
- O méis qui vem, se Deus quizé, meu bem! - respondeu a véia.
Fim.
Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 01/12/2006
Reeditado em 30/04/2008
Código do texto: T307055
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (392804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 18:30)
Lucas Durand