Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa Caipira. 17. (Trocando o Sobrenome)

Trocano o sobrenome...

Eu tava vindo cum minha caminhoneta véia da roça. Mais na frente, uma muié acenô pidino carona. Num gosto de dá carona pra muié, o povo cumeça a falá... mais quando eu vi qui era uma viúva qui ajudava na igreja, vivia sempre rezano, intão eu parei a caminhoneta. Ela num mi cunhicia, mais eu cunhicia ela.
Durante o trajeto ela priguntô meu nome:
- Eu mi chamo Izé...
-Izé de quê! - priguntô ela.
- Izé... e meu sobrenome é aquilo qui a sinhora fica sigurano na mão até durmi toda noite! - brinquei cum ela.
Bão, cuando ela desceu ela me disse:
- Brigado, seu Izé Pinto!
- Meu nome é Izé do Rosário, sua safada!
Fim.

Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 02/12/2006
Reeditado em 30/04/2008
Código do texto: T307727
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (392681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 23:14)
Lucas Durand