Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGULHA DE TRICÔ


Uma sala de espera
Um compasso
Uma megera danada

Um sapato no canto
Uma pulga em prantos
Uma espiga gargalhando

Um coelho me acenando
Um balão vazio
Um palito aceso me olhando

Um adultério
Uma maratona
O conto do vigário

A linha do trem
Um passarinho
O rabo da jibóia

Eu sonolento
O riso do gato
O frio do meu cobertor

O pingo da vela
O X do problema
Um pintinho vesgo

A dobradiça velha
Eu decadente
O céu primavera

A agulha de tricô
A pastilha efervescente
O canto do Pajé

Ninguém entendeu nada!!!...
Zecar
Enviado por Zecar em 07/07/2005
Código do texto: T31822
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:54)
Zecar