Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Superstição!!!!!!!!

Superstição!!!!!!!!


Cerquei-me por todos os lados, com toda as mandingas possíveis na virada do Ano. Projetei todos os meus pensamentos em coisas boas; boas não só para mim, mas para todos que da minha vida fazem parte. Na dúvida com as superstições e para garantir, cerquei-me também de risos e bom humor na certeza de que o ano vindouro nos trará Paz, Sucesso, Amor, principalmente Alegria.
Tenho certeza de que não sou supersticioso, mas não vou deixar de acreditar que vestir o branco, traz paz; o amarelo, fortuna e assim as demais cores e seus significados. Por não acreditar, porém, vestir-me de quase todas as cores exceto do vermelho, paixão.
Confiante nas possibilidades do novo ano que surgia nos primeiros minutos e dos últimos do ano que jazia, apenas não beijei. Vi-me desesperado, porque segundo os supersticiosos  se  você não beijou na virada do ano, é de que não beijará no ano que despontou aos seus olhos.
Cercado por uma multidão, fui incapaz de beijar fosse quem fosse. Para não ter a impressão, vale ressaltar a “teoria dos supersticiosos”, que se você faz ou deixa de fazer algo na passagem do ano é sinal de que tais fatos irão se repetir durante os próximos trezentos e sessenta e cinco dias ou trezentos e sessenta e seis se o ano for bissexto. Mas como não sou supersticioso e tão pouco acredito nestas crendices, vi surgi o novo ano. Mas quem precisava beijar? Ah! Isso eu precisava só para garantir.
O primeiro mês do ano surgiu e neste meio tempo já fiz o que não me foi oportuno na sua virada, espero que este pequeno atraso conte para o resto dos onze meses que seguem.
Rogevanio Alves Santana
Enviado por Rogevanio Alves Santana em 07/07/2005
Código do texto: T31939
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogevanio Alves Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 37 anos
67 textos (3454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:03)
Rogevanio Alves Santana