Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sou mentiroso

Já faz tempo; dentro do útero a gente mente. Mentir é diferente de enganar, os dois juntos é outra coisa.

Infidelidade tem ligação com mentira, existe no pensamento, porém neste formato há quem diga que não é mentira, é dúvida; isto talvez seja pior.

Você acha que não mente ?

Nota baixa na escola - ninguém fala para os pais que tirou as piores notas; a culpa é sempre de um professor chato que pegou no pé da classe e deu nota vermelha para todo mundo.

Jogo de cartas é regra.

Entrevista de técnico de futebol antes do jogo - quem é que fala a tática ?

Entrevista de técnico de futebol depois do jogo - quem é que esclarece porque perdeu e como ganhou de fato ? Aliás quem é que entende técnico de futebol. Quem é que entende qualquer tipo de técnico.

Pai e mãe quando contam para o filho sobre suas juventudes não falam que cabulavam aula para namorar. Filho que estuda fora não conta para os pais que faz festa na república onde mora; os pais adoram filho que cabula aula para namorar pois é melhor do que outra coisa.

Réu no tribunal é sempre inocente.

Marido que chega tarde em casa estava sempre trabalhando ou em reunião com o chefe. Esposa que vai ao dentista às dez da noite é por não ter outro horário.

História para gerente de banco é sempre depositar até o fim da semana.

Desculpa de funcionário que chega atrasado é o filho doente ou ônibus quebrado. Patrão que não dá aumento é crise do mercado, duplicata atrasada.

Declaração de imposto de renda ?

Aluno que falta em dia de prova é a avó que morreu. Professor quando falta nem dá satisfação.

Desculpa de quem leva multa de trânsito : Ô seu guarda eu não vi a placa!

Namorado que foi na festa dos amigos, só tinha homem lá. Namorada que cumprimenta outro cara, ele é namorado da prima da amiga irmã de minha amiga.

Sogro que abre a porta da varanda na hora errada geralmente tá certo e vê coisa errada, isso é verdade.

Horário político ?! (...)

Criança que diz não fui eu. É porque não fui eu mesmo.
Rafael Luciano de Lucas
Enviado por Rafael Luciano de Lucas em 21/07/2005
Código do texto: T36505
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Luciano de Lucas
Barretos - São Paulo - Brasil, 47 anos
16 textos (1588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:53)