CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

chapeuzinho roxo

Chapeuzinho roxo

Era uma vez uma menina chata e metida chamada Chapeuzinho Roxo, que só usava uma capa rasgada e toda suja. Todo mundo caçoava dela na escola; perguntavam se ela era hippie por que só falava paz e amor.
Um dia, a mãe dela preparou uma marmitinha contendo dentro uma pamonha um pouco de maconha e um pouco de dinheiro para a avó (mas ou menos US$1000 de Bangladesh) que estava muito mal. Ela pediu para que levassem a maconha para que ela se sentisse melhor como se estivesse no céu. A mãe dela deu “deiz paus” para a passagem de garupa de uma moto “veia”.
Ela chegou ao ponto de ônibus na garupa da moto que parecia que estava pedindo água e aposentadoria. Havia um homem mal encarado chamado Bandeugleison da Silvia Santos que era o irmão mais pobre do Silvio Santos (hahaiii, Lombardimm)
Ele zoava de todo o mundo, mas tinha um grande segredo que ninguém sabia! Ele dançava bale na peça “O baile do lago dos negos pretos gays”, ele era mau com “exe”, Ele nasceu na fronteira de Paraguai com a Bolívia só que foi extraditado para Pernambuco onde viveu ate “hoche”. Ele também era muito grosseiro um pouco gay, traduzindo um veado um finocchio!,Capisce? Em italiano por que ele era tatatatatatarneto de uma mescla de ítalo-vietinamita-raquiano.
Virou-se para chapelucho rosso em italiano e falou:

-Meu amorrrr, esse teu mo delito esta ho-rro-ro-so!!! Meu amigo Clô vai ter um chiliqueeee! Tira isso já, venha a meu atelierrrr...

-NÃO POSSO “PÔ”, “MEU”! (“ERA DO BIXIGA*”) A minha “mamma” pediu pra eu levar essa “droga” pra “veia”, que “saco”! Tenho que pegar o 401 senão ela me enche a paciência.

-”ah meu “amorrr”, tu não e ‘fashion” tu tem que ir para o meu atelierzinho “agorra” senão eu te bato com minha bolsinha de couro de camaleão que muda de cor e depois te arranho com minhas unhinhas.
-T a bom, eu vou com você, mas só se você parar de me “encher o meu saquinho”.
           
            Chegando ao atelier do Bande que era toda cor de rosa a chapeuzinho se surpreendeu por que ele fez um vestido cheio de purpurina “tipo rosa choque” com um chapéu todo de tafetá* assim ele exclamou:
Meu “amorr você esta um luxo espera só eu levar você a Paris.
Não posso, tenho que ir à casa da vovó de qualquer jeito, fuuui!

HÁ,HÁ, vou segui-la e ver se essa velha é fashion!Senão ela vai verrr, meu amigo Clô vai ter um a-ta-que! Mas na verrrdade ela não sabia que eu não tenho grana parrra irrr a parrris!
  Ele chega primeiro na casa da avó que estava escutando Eltom John, Leandro e Leonardo e os dois filhinhos (do papai) de Francisco.
-quem ehhh!!??
-aqui e a chapeuzinho!
-qual!A vermelha?
-não a roxa
-ahh. Eu tinha me confundido que estava na outra historinha.
Ele entrou e se espantou com a cafonice da “coroa”:

-Meu Deus, estou ho-rro-ri-za-da-!!!!!!!,Vou mudarr tudo!Vou colocar purpurina verde nessas cortinas, decorar tudo e mudar teu cabelinho...

“Treis” horas depois a Chapelinho roxo chega à casa da cafona e grita:

-meu deus vó quem fez isso contigo?
-foi o Bande, ele e um amorr que pena que ele e menor de idade e gay por que se não eu o pegaria como namorado me casaria com ele e teria um monte de Bandinhos
Depois di quatro horinhas o caçador chega e diz:
-Aqui é a história do chapéu roxo, porcaria!!! É ou não é???
-nuOoOoOoSsSa que caçador lindo vou pegar o gostosão para mim!!!  -disse Bandeugleison.

No final os quatro desfilarom no beija flor e ganharam o primeiro premi de fantasia
Fim
platãodaatlantida
Enviado por platãodaatlantida em 18/07/2007
Código do texto: T570078

Comentários

Sobre o autor
platãodaatlantida
Colômbia, 19 anos
1 textos (2168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/14 10:50)