Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Plotegida Pelo Ibama" = Poesia de Humor Erótico

Aquela nissei bonita
A Satorana Nakayama
Tinha uma periquita
Protegida pelo Ibama
Nagao quis a periquita
Satorana não podê dar
Ela ficou muito aflita
“Ibama, né, non deixar”
Nagao implorou a ela
Por tão linda periquita
Por periquita tão bela
Satorana não pôde dar
Nagao mandou ofício
Para o Ibama liberar
Disseram: está difícil
Periquita não pode dar
Mas Nagao não desistiu
Da periquita Nakayama
“Ibama? Puta que paliu!
Plendo peliquita na cama
E que se dane o Blasil!!
Como pode coisa dessa
Onde é que já se viu?
Peliquita tanto intelessa
Como Nagao nunca viu
Mesmo que vá em cana
Eu quelo essa peliquita
A peliquita da Satorana.”
Satorana resolveu afinal
Dar a Nagao a periquita
“O que pode havê de mal”
Perguntou-se, toda aflita
“Se Ibama pegunta, minto
Digo que fiz só uma tloca
Dei peliquita, ganhei pinto”
Desmentem? digo: fofoca
(Peliquita bem guadadinha
Tempo quente? Fica gaiola
Tempo flio? Guado calcinha
E o Ibama a gente enlola...)
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 25/08/2007
Reeditado em 25/08/2007
Código do texto: T623067

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
1392 textos (189350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:24)
Fernando Brandi