Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do "BOM" ao "MAIS TERRÍVEL"

O BOM, O RUIM, O TERRÍVEL E O MAIS TERRÍVEL!


Bom : Sua esposa estar grávida.
Ruim: Você está desempregado.
Terrível: São quadrigêmeos.
Mais terrível: Você fez vasectomia no ano passado e não contou.

Bom: Seu filho passou da puberdade.
Ruim: Ele está envolvido com a vizinha da frente.
Terrível: Você também está.
Mais terrível: A garota está grávida.

Bom: Sua esposa não fala mais com você.
Ruim: Ela quer o divórcio.
Terrível : Ela é advogada.
Mais terrível: Você se casou com comunhão de bens.

Bom: Seu filho está namorando alguém.
Ruim : Ele diz que está apaixonado.
Terrível: Trata-se de outro homem.
Mais terrível: Ele é seu chefe em seu emprego novo.

Bom: Sua filha arranjou seu primeiro emprego.
Ruim: Você descobre que ela é massagista daquelas que fazem tudo.
Terrível: Seus colegas do futebol estão todos ficando clientes dela.
Mais terrível: Ela está ganhando 10 vezes mais que você e
disse que vai reformar a casa e te dar um carro novo.

Bom: você encontrou o local para realizar o churrasco.
Ruim: aquele primo chato e rico também vai.
Terrível: ele faz questão de ser o “churrasqueiro”.
Mais terrível: ele confundiu sal com açúcar.

Bom: seu vizinho lhe convidou para um bacanal em seu sítio afastado.
Ruim: no local estão 4 mulheres e seis homens.
Terrível: você ficou sem uma fêmea.
Mais terrível: o outro sujeito lhe mandou beijos e é campeão de box.

Bom: a turma do trabalho vai jogar futebol domingo.
Ruim: na hora do jogo, começou chover.
Terrível: nosso goleiro fraturou o dedo.
Mais terrível: a única bola furou na saída do jogo.

Bom: você encontrou uma sacola sem dono dentro do metrô.
Ruim: ela pesar mais de 4 quilos.
Terrível: o zíper encrencou e demorou mais de uma hora para deslizar.
Mais terrível: ao enfiar a mão, um dos caranguejos decepou-lhe um dedo.

Bom: a comida baiana consumida no almoço.
Ruim: as cólicas estomacais duas horas depois.
Terrível: o banheiro mais perto fica na Central do Brasil.
Mais terrível: dentro do cubículo não tem papel.

Bom: hoje é domingo, vai ter jogo de futebol na tv.
Ruim: a sogra vem almoçar com a família.
Terrível: ela se ofereceu para cozinhar.
Mais terrível: faltou luz na hora do jogo.

Bom: na 6ª. feira à noite a secretária deu bola para o patrão.
Ruim: em troca, ela deseja ser promovida a chefe do setor de RH.
Terrível: a fila do motel demorou em torno de 3 horas.
Mais terrível: o comprimido de Viagra era “paraguaio”.

Bom: o bolo de aniversário da sobrinha acaba de sair do forno.
Ruim: você foi escalado para leva-lo para a sala.
Terrível: o prato pesa e está quente.
Mais terrível: a sogra abre a porta com força e lhe derruba no chão.

Bom: o tio rico morreu e você é o único parente próximo.
Ruim: o enterro foi na hora do jogo na tv.
Terrível: você teve de carregar uma das alças do caixão durante 25 minutos.
Mais terrível: ele deixou-lhe uma pasta cheia de promissórias.

Bom: você entrou num chat onde existem três mulheres para cada homem.
Ruim: a bela loura mora no outro extremo da cidade.
Terrível: você levou 3 horas no engarrafamento para chegar lá.
Mais terrível: ela confessa que a foto enviada é da neta.

Bom: denunciaram “mensalão” com quase 100 parlamentares.
Ruim: apenas 2 foram cassados.
Terrível: promoveram convocação extra para receberem sem trabalhar.
Mais terrível: pagamos sem reclamar.

Bom: recebi esta tripa na Internet com 20 linhas.
Ruim: acrescentei mais alguns conceitos.
Terrível: enviei no final de semana.
Mais terrível: você leu até aqui.

Haroldo P. Barboza – RJ
Autor do livro: Brinque e cresça feliz
Haroldo
Enviado por Haroldo em 25/08/2007
Código do texto: T623746
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Haroldo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
687 textos (25447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 17:48)
Haroldo