Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CONTADORES DE ESTÓRIAS

Malabarista e uma palhaça,
Num picadeiro perdidos,
Não conseguiam fazer,
A platéia achar graça.

Faziam de tudo,
Da dança a piada,
Atirava faca, e a calça caia,
Mostrava a careca pelada.

Viram que não havia jeito,
Improvisaram toadas,
Resgatando a fantasia,
Mostrava a bagagem, menos à pornografia.

Ta melhorando, o povo já sorria,
No próximo espetáculo,
Tragam seus vizinhos,
E toda a sua família.

E a palhaça poetava,
Tão magra, parecia vara de bambu,
Vou tirar a aliança do meu dedo,
E enfia-la no bolso.

Agora, convido para vir ao picadeiro,
Cinco pessoas da terceira idade,
Aquele que da um espirro forte e alto,
Ganhará ingresso para o espetáculo da saudade.

Coitado do Sr. Chiquinho,
Já bem idoso e meio gordo,
Deu um espirro,
Desajeitado e fraquinho.


Agora é a vez do chato Tião,
Metido a namorar e a ser rapagão,
Seus óculos, fundo de garrafa,
Uma tremenda miopia,
Muito entusiasmado,
Solta um espirro,
Óculos espedaçaram-se,
Ao cair contra o chão.

Da mesma forma sua dentadura,
Soltou-se de sua boca,
Dividindo em duas partes,
Como aconteceu isso?
Ele mesmo não soube explicar,
Ficando muito ansioso,
Pensando como iria,
Com a sua boca beijar.

De qualquer jeito, o circo teve sucesso,
Só ouvia o povo gargalhar,
Prometendo no próximo espetáculo,
Todos iriam voltar.

A trova é um jogo da vida,
O jogo da vida é um sonho,
Seja dormindo ou acordado,
Fato como esse só pode ser sonhado.

Quem colocar pra frente,
Corre o risco de ser inconveniente,
É tão absurdo e muito indiferente,
Para acreditar é necessário,
Não dar ouvidos a essa gente,
Como eu ia dizendo,
Temos muitos contadores de estórias,
Infelizmente!



Alci Santos Vivas Amado
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 28/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T627090

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 71 anos
238 textos (31883 leituras)
2 e-livros (137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:02)
Alci Santos Vivas Amado