Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

En defeza dos burros

Acabo de receber um correio eletrônico com novos exemplos de erros grotescos cometidos por estudantes em provas e redações de vestibular. Costumo achar muito engraçadas essas coletâneas de sandices, lacunas educacionais e vôos cegos no céu da ignorância. Desta vez não foi diferente, mas uma nova interpretação desse fenômeno, que já se insinuava há algum tempo, consolidou-se e me instigou a sair em defesa dos pobres coitados que enchem as páginas das provas de deliciosas maluquices.

Deus me livre e guarde de adotar um comportamento politicamente correto. Seguirei rindo desses textos enquanto me forem enviados, mas é preciso que a gente ria e ao mesmo tempo compreenda. Que o riso não seja escárnio a maltratar um povo já tão maltratado, e ao qual não é dado nenhum estímulo verdadeiro para crescer intelectualmente, já que isso significaria a ruína dos maus políticos e dos maus empresários.

Além do quê, há algo de filosófico e revelador em tais equívocos. Na mão de um Freud, por exemplo, certos lapsos seriam vistos como indícios de conscientização. Meus comentários seguirão entre parênteses:


"Pérolas nada brilhantes II

Estressado com os últimos preparativos para enfrentar a maratona do
vestibular? Que tal dar uma pausa nas intermináveis revisões e se divertir
um pouco - mesmo que seja à custa daqueles que não se deram muito bem nas
provas... As "pérolas do vestibular", também conhecidas como
"vestiburradas", estão de volta para animar o seu fim de ano e aliviar a
"tensão pré-vestibular" tão própria desta época. Divirta-se!

- A finalidade das Cruzadas era passear pelo deserto em busca de aventuras.

- Com o descobrimento da bússola, os marinheiros puderam se afundar no mar.

- Antigamente, antes da invenção da imprensa, a leitura era sacrilégio dos
ricos.

- A luta de classes entre os romanos foi a maior luta de todos os tempos.

- Horizonte é onde que parece que é o fim do mundo. (olha aí: poesia bruta e uma observação lógica do ponto de vista da geografia. Como a terra é redonda, o horizonte parece realmente o fim que nunca se alcança)

- O horizonte é até aonde a nossa vista alcança e conforme a gente vai
andando ele também vai. (idem)

- A Terra é um dos planetas mais conhecidos do mundo. (este foi apenas impreciso: do ponto de vista de nós seres humanos, a terra é, na verdade, o planeta mais conhecido)

- O Brasil é um dos países mais intensos do mundo. (a julgar pelo ritmo frenético da nossa música, dos acontecimentos políticos e do estresse urbano, a observação é no mínimo pertinente)

- A alimentação é o meio de digerirmos o corpo. (corpo das substâncias que ingerimos)

- Influência do meio sobre o homem: exemplo - o fato de uma pessoa estar
rindo e a colega não sabendo porque a outra ri, põem-se a rir também, é a
influência. (desafio quem quer que seja a dizer que isso é errado ou ilógico. Talvez não seja um exemplo clássico na linha de Rousseau, mas eu se fosse professor seria complascente)

- Ângulo é duas linhas que vão indo e se encontram. (perfeito! apenas uma nova visão da geometria)

- Triângulo são os filhos trigêmeos do ângulo. (esse caso já é mais grave)

- Tangente é quando a bola passa raspando no jogo de futebol. Ela também tem

o nome de trave. (recomendaria a este assistir menos futebol, uma atividade que no caso dos indivíduos do sexo masculino pode levar a sérios bloqueios mentais)

- Conjunto vazio é aquele em que os músicos não sabem nada de música e tocam

"na orelhada". (Levando em conta a maior parte dos grupos de Axé e pagode e duplas breganejas, uma observação qualificada)

- Objeto direto é quando a gente ganha um presente diretamente da pessoa que

dá; e indireto, a pessoa não pode entregar e manda outro dar.

- Preposição é quando uma pessoa coloca um objeto antes de a gente mandar.

- Artigo é qualquer tipo de mercadoria. Assim, quando vamos a uma loja e o
balconista quer vender mesmo, ele diz assim: "Este artigo é o melhor da
praça". (esse merece zero pela gracinha)

- O Brasil é um país abastardo com um futuro promissório. (se por "abastardo" ele quis dizer "filho da puta", não posso fazer reparos; E se por "promissório" quis dizer "endividado", diria que já tem mestrado em ciências econômicas e deve ser dispensado do vestibular)

- O maior matrimônio do país é a Educação. ("matrimônio" que quase sempre termina em separação)

- Precisamos tirar as fendas dos olhos para enxergar com clareza o número de

famigerados que almenta (sic). ("fendas" é um termo próprio para os buracos na nossa visão de mundo e país; "famigerados' é somente um novo sinônimo de "famintos")

- É preciso melhorar as indiferenças sociais e promover o saneamento de
muitas pessoas. (Um lapso muito instrutivo, uma vez que o problema social é gerado pela indiferença, principalmente daqueles que estão podres (como a maior parte dos políticos) e precisam ser saneados)

- Também preoculpa (sic) o avanço regesssivo da violência. (violência e culpa andam juntas, quem pode negar?)

- Segundo Darcy Gonçalves e o juiz Nicolau de Melo Neto. (figuras híbridas nascidas da junção de Darcy Ribeiro com Dercy Gonçalves e Nicolau dos Santos Neto com João Cabral de Melo Neto, denotando o hábito de estudar e assistir televisão ao mesmo tempo)

- E o presidente onde está? Certamente em sua cadeira, fumando baseado e
conversando com o presidente dos EUA. (porque duvidar disso?)

- O hino nacional francês se chama La Mayonèse... (No bater dos ovos, é tudo a mesma coisa, marselhesa, maionese...)

- Tiradentes, depois de morto, foi decapitulado (sic). (Como o herói não capitulava, capitularam-no)

- A História se divide em 4: Antiga, Média, Moderna e Momentânea (esta, a
dos nossos dias). ("Momentânea", por que não?)

- Em Esparta as crianças que nasciam mortas eram sacrificadas.

- Então o governo precisou contratar oficiais para fortalecer o exército da
marinha.

- No tempo colonial o Brasil só dependia do café e de outros produtos
extremamente vegetarianos.

- A capital de Portugal é Luiz Boa. (Que imaginação!)

- A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos. (outro poeta perdido)

- O Brasil é um país muito aguado pela chuva.

- Na América do Norte tem mais de 100.000 Km de estradas de ferro
cimentadas.

- Oceano é onde nasce o Sol; onde ele nasce é o nascente e onde desce
decente.

- As constelações servem para esclarecer a noite. (desde que consigamos entender o significado das constelações, meu caro poeta)

- As principais cidades da América do Norte são Argentina e Estados Unidos. (é verdade que os argentinos nunca se conformaram em pertencer ao hemisfério sul)

- Expansivas são as pessoas tangarelas (sic). (errou por um "n")

- O clima de São Paulo é assim: quando faz frio é inverno; quando faz calor
é verão; quando tem flores é primavera; quando tem frutas é outono e quando
chove é inundação. (algum reparo?)

- Os planetas são 9: Mercúrio, Venus, Terra, Marte. Os outros 5 eu sabia mas

como esqueci agora e está na hora de entregar a prova, o sr. não vai esperar

eu lembrar, vai? E espero que não vai abaixar a nota por causa disso. (esse não tem perdão)
Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 30/10/2005
Código do texto: T65284
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25589 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:15)
Nelson Oliveira