Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIAMÊS E ANGORÁ

Pensava qu'eu conhecia de tudo nesse mundo, ledo engano. Depois da ocorrência com uma maracajá adotada pelos colegas de trabalho, entrei em parafuso e vi qu’eu não conhecia é nadica de nada. A felina tratada como humano e, de tanto o amor recebido tornou-se um animal dócil e amável.  O xodó de muitos e o tédio de poucos. O apego à gata ruiva de pêlo macio e olhos verdes fez com que os pais adotivos mudassem de nomes. Algo como dupla sertaneja. Um atende por siamês e o outro responde por angorá. A bichana era beneficiada, não sei se por laqueadura nas trompas ou por meio de medicamento abortivo, o certo que ela não amojava. Enquanto um pai amamentava com leite desnatado zero de gordura evitando o sobre peso, o outro alimentava a jaguar com ração balanceada top line. Mas, o inesperado aconteceu, deram por falta da bilú tetéia, foi aquele furdunço. Um dos pais entra em crise de choro, o outro tem uma queda de pressão. Meio a boataria, alguém comentou. - Foi seqüestrado, vão matar pra fazer sabão. A carrocinha da zoonose passou por aqui. Pra encurtar a ‘istória’, os pais adotivos da bichana bateram o pé. Se for seqüestro não paga-se o resgate, se sumiço da bilú foi um ato de maldade, atrocidade ou desamor de algum invejoso, esse irá queimar no mármore do inferno, e só voltaremos a trabalhar só depois que recuperamos o nosso filhote!

Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 20/09/2007
Reeditado em 17/03/2015
Código do texto: T660649
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
534 textos (76331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:14)
Chiquimribeiro