Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO FICAR FORTE SEM FAZER FORÇA

COMO FICAR FORTE SEM FAZER MUITA FORÇA

Pode parecer paradoxal, porém essa não é uma meta impossível... Em primeiro lugar, é preciso que a pessoa tenha em mente que ser forte nem sempre é uma vantagem... Às vezes o forte é exatamente aquele que apanha mais, pois sempre aparece alguém que é um pouquinho mais forte... E aí o bicho pega!!! Outra coisa: geralmente o forte é sempre um fraco metido a besta...Se apesar disso você ainda insiste em querer ser forte, vamos lá... Primeira lição: aprender com as formigas... Você, alguma vez, já viu uma formiga numa academia? Claro que sim, mas malhando, NUNCA! Sim, porque formigas, assim como as moscas estão em todos os lugares... Então, observe como esses insetos dão conta de carregar muitas e muitas vezes mais o seu próprio peso nas costas... E, qual é o esporte praticado por uma formiga? Apenas caminhadas... E são bem mais fortes que um elefante, pois eu mesmo nunca vi um elefante andando pelas savanas com uma manada de parentes e assemelhados nas costas (no máximo, e nas fábulas, um elefante leva uma formiga nas costas, o que é um ato de exibicionismo e de querer parecer mais forte do que realmente é). Voltando, então, você já viu um elefante com mais dois nas costas? Pois é, nunquinha da silva. O que significa que as formigas são, realmente, bem mais fortes. Então, passe a estudá-las de perto  e busque imitar-lhes o exemplo. Para iniciar, faça longas caminhadas levando consigo uma mochila vazia. Durante vários dias você vai fazer esse simples exercício. Carregar uma mochila vazia, isso mesmo. Depois de algum tempo, você irá colocar um tijolo dentro da mochila. Apenas um. E continuar fazendo sua trilha, como uma velha e experiente formiga... Mas, lembre-se: as formigas percorrem espaços geográficos muito, muito extensos. Uma formiga caminha, relativamente ao seu tamanho,  o equivalente a vários e vários quilômetros por dia. Portanto, você e a sua mochila terão sempre um longo caminho a percorrer, se quiser alcançar a prática da perfeição e ficar tão forte quanto uma formiga. Se você morar em São Paulo (capital) seria algo como percorrer umas 50 vezes a distância entre a Freguesia do Ó e o Tatuapé. (como nunca morei em São Paulo, talvez exista comparação melhor, mas menos engraçada). Tatuapé, isso mesmo, nada de automóvel. Você vai fazer essa trilha e outras equivalentes durante alguns meses. Então, você estará pronto para colocar mais um tijolo dentro da sua mochila. Um dos segredos desse programa é que você poderá buscar um patrocínio junto a uma fábrica de mochilas... Ou de tijolos. Aí é que ficará bom, pois você estará sendo pago para ficar forte sem fazer força (e ainda terá alguns trocados no bolso, que não haverão de pesar tanto)... Esse programa não tem nenhum compromisso com o tempo. Até mesmo porque o que é o tempo? Alguns dizem que é dinheiro. Mas eu acho que o tempo é algo que foi inventado por alguém que estava sem tempo e deixou assim mesmo, um conceito meio vago e solto... no tempo... Como uma folha ao vento... O que nos leva de novo às formigas, esses seres incansáveis que carregam suas folhas sem nenhum compromisso com o tempo, como se tivessem todo o tempo do mundo... Então, essa é mais uma lição: não se preocupar com o tempo, não perder tempo em pensar em quanto tempo você estará mais forte do que um elefante. Ou do que uma formiga. Sem fazer força. Então, de tijolo em tijolo e melhorando cada vez o patrocínio da sua mochila, num lapso indeterminado de tempo (que é o que menos importa), você estará tão forte quanto uma manada de formigas ou um carreiro de elefantes. Ou seria o contrário? Bem, existem outros segredos. Mas nada que você não descubra, ao descansar sob uma árvore, ao lado de um bom buraco de formigueiro... Lembre-se: ao lado do formigueiro, não em cima, por razões óbvias. Boas caminhadas e você terá, muito em breve, um séqüito de Sansões, Hércules e Macistes doidinhos para serem seus discípulos. Até a próxima lição!!!
José de Castro
Enviado por José de Castro em 26/09/2007
Código do texto: T669393

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 69 anos
2301 textos (685864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:29)
José de Castro