Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paródia n.3 (Humor Negro)

De tudo, ao meu tumor, serei nojento
Antes, e com tal asco, e sempre tanto
que mesmo em face do maior unguento
dele se escorra o excremento...

Quero expreme-lo em cada vão momento
e em estupor hei de espalhar meu pranto...

Eu possa me livrar do tumor(que tenho)
que não seja carnal,esgoto de lama
Mas que seja externo enquanto dure...

+Dedicado a uma amiga, que faz quimioterapia constantemente...e sofre como o Diabo!

Naza Breeman
Enviado por Naza Breeman em 05/11/2005
Reeditado em 08/11/2005
Código do texto: T67777
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Naza Breeman
Belém - Pará - Brasil, 61 anos
62 textos (10336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:08)