Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

989-TROVAS HUMORÍSTICAS /TEMA ANGU

989-TROVAS HUMORÍSTICAS
DE SÍLVIA ARAÚJO MOTTA

Tema: ANGU

MINHA TROVA VENCEDORA:
Primeiro lugar:

1-“Gosto de angu com costela
na casa da minha amada.
Quando vou aos braços dela,
sinto uma fome danada.”

2-Aos Amigos Trovadores
ofereço a minha trova
e mostro aos pesquisadores
o que a cultura  comprova.

3-Gosto de angu à baiana:
mole, quente, apimentado;
com meu amor na chalana,
eu navego apaixonado.

4-Gosto de angu à mineira
duro, quente, à quatro queijos
e exijo, à minha maneira,
a sobremesa dos Beijos.

5-Gosto de angu português:
bacalhau fresco do Porto,
claro, gordo, norueguês,
que não gosta do Mar Morto.

6-Gosto de angu no guisado:
quiabo, pinga, pimenta,
cebola em frango picado,
como bem com quem agüenta.

7-Gosto de angu carioca
feito por uma mulata
com pimenta e  tapioca,
que ao fogo, mexe e arremata.

8-Gosto do angu japonês
endurecido e picado.
Agrada a qualquer freguês
com seu molho adocicado.

9-Gosto do “angu-pizzarella”
que na Itália faz sucesso,
sal, presunto e “mozzarella”:
com “reais” vias de acesso.

10-Gosto do angu libanês
com azeitonas e coalhada.
Sal , por conta do freguês
que mata a fome danada.

11-Ao “ar inglês da narina”
Edward Lear versejou:
-Use “angu e cintura fina”
para esquecer quem amou.

12-“Maria Angu” é escolhida
por ser bela e criativa,
a requebrar faz a vida,
na excelência da “comida.”

13-Para agradar o alemão,
Maria Angu faz a festa:
-Desfila no calçadão
e um pagamento lhe resta.

14-Bolo “Carranca” com queijo,
na Alemanha é procurado...
Com manteiga pede um beijo,
desejo de ser amado.

15-Creme de arroz diluído
Ao leite vai engrossar,
Angu branco é preferido
Se tem “franga” ao paladar.

16-“Angu de Sangue” em verdade,
com Grupo “Angu” do Teatro
encanta a modernidadeÇ
-É fantástico, de fato.

17-“Angu de Prato” é uma herança
do Brasil Colonial...
que Africanos, por lembrança,
comiam mesmo...sem sal.

18-“Angu” à noite é indigesto,
diz o adágio popular:
-Ter pesadelos detesto
e ainda ter que os lembrar...

19-“Angu do Gomes” matava
a fome, na madrugada
mas o trabalhador dava
sua lingüiça à amada.

20-Muito ricos e mendigos,
o Angu do Gomes comiam
e na Praça XV amigos,
sem preconceito, viviam.

21-Se só vale o que está escrito,
grito, não traio e reclamo:
-Meu “angu” não tem mosquito,
revelo para quem amo.

22-Contra as angústias e medos
ou tristeza permanente,
a vida traz seus segredos
para quem vive o presente

23-Só não gosto da anguzada:
mexericos da Candinha,
sou polenta encaroçada,
se falam mal da Silvinha.

24-Agora vou terminar.
Aos trovadores, abraços.
A todos quero deixar
um sorriso em lindos laços.

25-Sou a Sílvia aposentada,
violonista e trovadora,
pela vida apaixonada,
tecladista e escritora.

26-Mensageira de alegria,
cativa da arte e cultura,
vou divulgando poesia
música e literatura.

27-O tempo mudou meus traços,
pôs meu físico mais forte,
mais  forte quando nos braços
do grande amor... Tenho a sorte!
------
(*)Concurso de Trovas promovido pela
União Brasileira de Trovadores
UBT-Belo Horizonte-MG.

Maio-2003
Presidenta:
Conceição Parreiras Abritta

Coordenadora:
Zeni de Barros Lana
( Diretora Cultural)

Trovadores da Comissão Julgadora:
Edmilson Ferreira Macedo.
Wanda de Paula Mourthé.
Alair Almeida .

Trovadores da Comissão Apuradora:
Conceição Parreiras Abritta
Edmilson Ferreira Macedo
Wanda de Paula Mourthé
Alair Almeida
Zeni de Barros Lana

Vencedora do Troféu :
Tema: ANGU
Sílvia Araújo Motta.

---***---
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 07/11/2005
Reeditado em 21/12/2008
Código do texto: T68528
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (668866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:30)
Silvia Araujo Motta