Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

 
   

 

 

AUTO - AJUDA COM DR. APOLÔNIO





- Não sei o que fazer. Eu sou uma pessoa que se cobra muito.

- Simples. Não pague.


- Às vezes eu me sinto apenas um inocente útil.

- Poderia ser pior. Você poderia ser apenas um culpado inútil.


- Eu tenho excesso de megalomania. O que o senhor recomenda?

- Duas doses de complexo de inferioridade pela manhã e duas à noite.


- Sinto que estou prestes a me suicidar. Que devo fazer?

- Por garantia, deixe a consulta paga.


- Tenho síndrome de tudo. Aposto que ninguém tem mais síndromes do que eu. Qual a sua sugestão?
- Inscreva-se no Guiness Book.


- Meu marido tem chegado tarde todos os dias. Ele diz que é reunião de trabalho e eu acredito. Será que estou me enganando?

- Não. Ele é que está te enganando.


- Não sei se tenho síndrome do pânico ou psicose maníaco-depressiva. Qual o seu diagnóstico?

- Dupla personalidade.


- Não sei o que está acontecendo. Às vezes me sinto feliz, às vezes me sinto triste...

- Eu também.


- Dr. Apolônio, vou ser sincero: eu acho que o senhor se aproveita da minha ingenuidade.

- Não é verdade. E para te provar vou deixar essa consulta pelo dobro do preço.


- Os homens sempre me olharam como um corpo bonito, e eu queria ser apreciada pela minha inteligência.

- E dá para olhar para a inteligência com um corpão desse?


- Às vezes eu tenho a leve impressão de que as pessoas não prestam atenção no que eu falo.

- Preste mais atenção no que elas falam. Você vai ter certeza de que não prestam mesmo.


- Quem sou eu? De onde vim? Qual o sentido da vida? O senhor pode me ajudar?

- Para a primeira pergunta, não sei a resposta. Para a segunda, também não. Para a terceira, muito menos. A quarta eu sei: Não.


- Dr. Apolônio, quando vou ter alta?

- Quando minhas finanças saírem da baixa.


- Tenho problemas de auto-estima. Resolvi entrar para a Igreja. Será que vai resolver?

- Não. Você vai aprender que deve amar o próximo como a si mesmo. E você, que se odeia, como é que fica?


- Eu só consigo levantar da cama se repetir cem vezes “hoje vai ser um grande dia”, e mesmo assim o dia é uma porcaria. Que faço?

- Você deve dizer cem vezes “hoje o dia vai ser medonho, desprezível, um lixo, o pior da minha vida”. Aí no final do dia vai ficar feliz por ele ter sido só uma porcaria.


- Se é auto-ajuda por que eu tenho que pagar?

- Paga que eu respondo.

RECEBI POR EMAIL
fonte: http://tiezzi.wunderblogs.com/

 

 

 

zilda santiago
Enviado por zilda santiago em 14/10/2007
Código do texto: T694402
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (CITE O NOME DO AUTOR E O LINK). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zilda santiago
Carpina - Pernambuco - Brasil
333 textos (932144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:25)
zilda santiago