Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE ABÓBORA QUE NADA

Era tarde da noite, o caminhoneiro guiava pensando em mulher.
Ao avistar uma plantação de abóboras, ele pensa:
- Uma abóbora... Hmmmmm... é...,macia, úmida por dentro...
Hummmmmmmm...(caminhoneiro pensando)
Ninguém por perto, ele pára o caminhão, escolhe a abóbora mais
redondinha, mais "gostosinha". dá-lhe um talho no tamanho apropriado e, morto de tesão, inicia a transa. Na empolgação, nem percebe a chegada de uma viatura da polícia.
- Desculpe-me, senhor ! - interrompe, perplexo, o patrulheiro - mas
acaso o senhor está...  Transando com uma abóbora ???
O caminhoneiro,  assustado:
 - Abóbora ? Puta que pariu !!! Já é meia-noite... ?? Cinderela... !
CINDERELAAAAAAA
Magrao
Enviado por Magrao em 17/10/2007
Código do texto: T697880

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Magrao
Caarapó - Mato Grosso do Sul - Brasil, 54 anos
132 textos (12347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 22:29)
Magrao