Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cadê a camisinha?

A mulher em noite fria, deita-se  ao lado do marido,
encosta seu corpo ao dele, fazendo-lhe carinhos nas costas  e pescoço, ele já assanhado começa também a acariciá-la, depois de alguns  minutos de carinhos, os dois já bastante excitados,então ela  diz:
Amor coloca a camisinha, eu estou no meu período fértil...
Vai amor, coloca que eu estou morrendo de vontade.
Tateando pela cama, ele abre a gaveta da mesinha de cabeceira e não acha a bendita, que foi amor?
O marido já irritado responde, espera,não estou achando.
A esposa lembra que havia colocado no closet, procura lá no
closet eu coloquei ontem lá, acho que na gaveta de cima.
Já meio que irritado, o marido vai até o closet e ela toda acesa fala: Achou? Vem amor, vem...
Lá do closet ele grita, não acho esse raio de camisinha, vem
ver onde você colocou. Chateada a esposa pula da cama e
também não acha nada, rapidamente olha na gaveta de baixo e nada. O marido desconsolado volta para o quarto e deita-se na cama, a mulher resmungando continua procurando, depois de uns vinte minutos, percebe  que havia colocado por engano numa das suas gavetas, acha a camisinha e corre para o marido.
Ele já de olhos fechados, então comenta... Coloca de volta na gaveta e venha dormir!
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 11/11/2005
Reeditado em 12/11/2005
Código do texto: T70334

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2588 textos (469717 leituras)
57 áudios (6063 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:53)
paulo cesar coelho

Site do Escritor