Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALUCINAÇÕES *

Primeira alucinação

Pergunta valendo uma rodada infinita de conversas com três filósofos de escolas diferentes num bar modesto:
A República brasileira (Se é que isso existe) por definição prática é uma agremiação em sua maioria constituída por::

1  -  CAPETALI$TAS?
2  -  EX-SOCIAL desconto só com nome na (LISTA)?
3  -  DEMO(S)cratas - (Sugeriu Lula, ansioso por manter a CPMF)

(Não adianta perguntar aos universitários, pois a maioria deles desconhecem o significado das metáforas acima)

---------------------------------------------------------------
Segunda alucinação

Quando leio e/ou ouço algum colunista que aborda temas da política e economia tupiniquim. Principalmente quando tenho certeza, que o dito cujo possui seu gordo rabo preso com interesses corporativistas dos donos de empresas, cedendo-lhes espaços com o objetivo estratégico de provocar, ilusoriamente, a opinião publica de modo condizente com a do seu patrãozinho vil...

Insatisfeito esse Zé Mané que com vós escreve, além de ficar revoltado com meus “colegas” de profissão também fica nostálgico e lembro-me de uma antiga poesia social que até agora nunca quis publicar, porém, hoje a cena se repete e como minha intuição está convicta que ela irá se repetir por várias e várias vezes ainda, eis minha contribuição até hoje engavetada:

Mãe! Deu no Jornal oh:

O Estado me deixa neste estado:
Rebelde sem causa
Polêmico sem crédito
Nostálgico com presenças
Melindre com Força pra continuar
Astuto sem experiência
Disposto a reescrever as notórias
E suprimidas mágoas de outrem
Os versos saudosistas dos amantes
A beleza omitida das mulheres
A hipocrisia dos falsos moralistas
A descrença de milhares de cristãos
O desejo de outros mil covardes
A sensibilidade dos jovens poetas
Os cheiros, as luzes e toques
O sorriso puro das crianças
O canto dos pássaros
O vocabulário dos detentos
Ah! Creio que sou um cara afortunado, mas...
Mãe eu aprendi tudo errado...
“[O mundo agora é globalizado
Neo-capitalista e logo também será
Monopolizado...]”
 “Filho larga esse jornal, desliga esse rádio
E vem tomar seu café da manhã”

-------------------------------------------------------------
(*)Alucinações é uma coluna de humor que escrevo quando estou com insônia, qualquer referência que se assemelhe com a vida real é conseqüência da influência do meio em que vivo.
______________________________________________________
O rodapé acima deve ser entendido como um modo de evitar processos por parte de personagens mais dúbios e bizarros do que eu. E tenho escrito! Boa noite, digo, bom dia. Até a próxima, porque o próximo da fila sou eu.
José Luís de Freitas
Enviado por José Luís de Freitas em 25/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T708812

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luís de Freitas
Diadema - São Paulo - Brasil, 33 anos
468 textos (182142 leituras)
28 áudios (29435 audições)
1 e-livros (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:52)
José Luís de Freitas