Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Ciumenta Doentia

Vou contar -lhes detalhadamente,
De algo que um homem abomina...
Da mulher, insana e demente,
Que com o ciúmes doentio se contamina!

É preciso ser bem mais que homem,
Para agüentar uma mulher assim...
Quando ela aparece, todos somem,
Ela é um tormento sem fim!

Mulher ciumenta é louca,
Vê traição em qualquer lugar!
Sua inteligência é pouca,
Faz escândalo, se põe a berrar!

Louca e ensandecida,
Grita palavras vulgares!
Sua baixa estima é percebida,
Por onde vá, em todos os lugares!

Diante dessas cenas vergonhosas,
O homem olha pro céu...
Pergunta-se entre insultos da escandalosa,
"-Porque não levantei antes o véu?"

“-Ah se eu soubesse antes do casório,
Que gato por lebre ia levar...
Evitaria esse purgatório,
Onde eu vivo a penar!"

Pobre do homem que se prende,
A mulher ciumenta, frustrada!
Nada do que ele diz ela entende...
Casar com essa foi com certeza cilada!

"Agora que notando bem...
Ela nem é tão bonita assim...
Nem educação ela tem...
"- Meu Deus, o que fiz pra mim!"

Quando uma bela mulher passa pelo casal,
Ela o braço do coitado começa a apertar!
Trinca os dentes, olha torto, vira um animal,
O pobre, cabisbaixo... Nem para o lado estava a olhar!

Mulher ciumenta doentia é um porre,
Daqueles de aguardente barata!
Ela mata uma ou morre,
Diante dela qualquer homem enfarta!

Pra ela não vale o contrato de casamento,
Nada de amor na morte ou na vida!
Ele não pode sonhar, ter amigos, divertimento...
E mesmo sendo chata, ser chamada de querida!

Ela perde a noção da realidade,
Suas atitudes provam a falta de limites!
Parece um bicho bufando, essa é a verdade,
É grossa, sem classe, pode ser que te imites!

Pois como sabe de sua inferioridade,
E de como é tão sem graça...
Imita as belas a quem pragueja maldade,
Finge ser forte, culta e ter raça!

Mas, é fraca... Deselegante...
É cega... Desclassificada!
Dela o homem se mantém distante...
Melhor a morte que mulher enciumada!

Pois um homem busca por uma mulher,
Inteligente, de finos modos, elegante...
Que em suas coisas não mete a colher,
Que seja segura, graciosa, e que viva radiante!

Que homem quer passar o resto da vida,
Com uma mulher ranzinza e chata?
O homem quer numa face esculpida,
Uma rainha que como um rei lhe trata!

Para você que tem uma besta assim...
Um conselho quero lhe dar...
Coloque nesse inferno um fim,
Procure uma mulher de verdade pra casar!


Alma Nua,
Sábado, 27 de Outubro de 2007, 05: 21

Umam homenagem para as ciumentas doentias que além de perturbarem seus homens, pertubam todo mundo ao seu redor!
A sindrome de inferioridade faz isso...rs.
Shimada Coelho A Alma Nua
Enviado por Shimada Coelho A Alma Nua em 27/10/2007
Reeditado em 06/08/2009
Código do texto: T711828

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shimada Coelho A Alma Nua
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
374 textos (58709 leituras)
10 áudios (1727 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:47)
Shimada Coelho A Alma Nua