Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

iPod no cu


Um carioca foi passar o final de ano com os parentes do sítio no interior de Minas Gerais. No dia de natal ele estava lá, discutindo com o primo caipira o que tinha ganhado de presente. Querendo esnobar ele falou:

    - Primo, viu o que eu ganhei de presente da minha namorada. Um "iPod"!

O primo caipira retrucou:

    - Bão primo, muito bão!

O carioca perguntou:

    - Como bom, primo, o que foi que você ganhou?

    - Ganhei isso aí tamém, uai.

    - Mas quem te deu?

    - A minha namorada.

    - E de que marca era?

    - Sei lá primo. Nóis tava na cachoera nadano pelado. Eu cheguei por trás dela e encostei. Ela virou pra mim e falou: "Aí pode!" É muito bão, primo, agora se tem marca eu não sei não!

CARLOS CUNHA o Poeta sem limites
Enviado por CARLOS CUNHA o Poeta sem limites em 31/10/2007
Código do texto: T717215

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS CUNHA o Poeta sem limites
Japão, 63 anos
369 textos (437900 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 04:22)
CARLOS CUNHA o Poeta sem limites