Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ALIANÇA ERA MEU FIOFÓ

Quem me vê logo percebe qu’eu sou matuto. Saí do mato, mas, ele não sai de mim. O mesmo acontece com meu irmão. Aquele beiradeiro de trejeito caipira e cheio de vícios. O mais comum é dormir no traje de Adão, ou seja, pelado como veio ao mundo. Certa noite, já entregue ao sono e para meu espanto, o cara ficou agitado. Não sabia se era sonho ou pesadelo. No inicio ele ria, mas, logo passou a chorar e fazer mogangas. Assustado, lhe acordei. – Mano, Mano, o que aconteceu? – Meu irmão não te conto, sonhei com meu noivado. Atordoado coloquei o anel no dedo, foi então, que algo estranho aconteceu:  o anel passou a sentir dores, quanto mais o dedo entrava a dor aumentava.  - Onde já se viu anel sentir dores? - Pois fique certo que sente. Em se tratando de anel de couro dói, e muito. Para encurtar a estória eu estava colocando dedo no anel errado, atrapalhei-me na hora da dedada, a aliança era meu fiofó... Chega! Vamos dormir!
Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 28/11/2007
Reeditado em 18/03/2015
Código do texto: T756025
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
534 textos (76393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:25)
Chiquimribeiro