Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afrodisíaco

Zíaco era um homem que vivia solitariamente nas montanhas. Todos, na cidade, diziam que ele era louco. De louco Zíaco não tinha nada. Era homem de bom gênio, prudente e amava a natureza. Conhecia cada erva que nascia nas encostas da mata e o seu valor medicinal.
Como meio de sobrevivência, selecionava ervas e raízes, as quais vendia na cidade. Isso com o cuidado de replantar o que precisava para o seu proveito.
Conheceu, através de velhos índios que  viviam naquela região, uma certa flor com propriedades miraculosas.
Zíaco resolveu experimentar o chá daquela flor para sentir os efeitos que causariam no organismo.
Pobre Zíaco! Passou a noite inteirinha rolando pela cama e sujando os lençóis. Era sêmen para todos  os lados...
Ficou assustado, pois não tinha o hábito de se masturbar.Havia optado  por uma vida solitária, tornando-se assexuado.
Pensou mil vezes se deveria comercializar aquela poderosa erva. Os homens da cidade sempre lhe perguntavam se havia algo bom para levantar aquelas coisas que andam devagar...
Foi então que Zíaco colheu, secou e embalou algumas flores da tal erva e levou para o comércio.
Se você se deparar, nesse Brasil afora, com uma placa com os dizeres "Aqui nóis tem a Frô  di Ziaco", não estranhe!
Você acaba de conhecer a origem do AFRODISÍACO!
Aureni Costa de Sá
Enviado por Aureni Costa de Sá em 03/12/2007
Código do texto: T762566
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aureni Costa de Sá
Carapicuiba - São Paulo - Brasil
322 textos (15626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 11:33)
Aureni Costa de Sá