Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gaucho mordomo


Um casal estava se preparando para ir a uma festa, à noite. A mulher, então, deu ao Gaudêncio, mordomo gaúcho, a noite de folga, dizendo que eles voltariam muito tarde. Como a esposa não estava se divertindo, resolveu voltar para casa sozinha.

Quando a mulher entrou em casa, encontrou o Gaudêncio sozinho na sala de jantar. Ela o chamou até o quarto, e virou para ele usando um tom que ele sabia que deveria obedecer:

- Gaudêncio, eu quero que você tire meu vestido.

Ele tirou, suas mãos tremiam, e colocou o vestido cuidadosamente sobre a cadeira.

- Gaudêncio, agora tire minhas meias e minha cinta-liga.

Mais uma vez, ele silenciosamente obedeceu.

- Agora, Gaudêncio, eu quero que você tire meu sutiã e minha calcinha.

Olhar cabisbaixo, Gaudêncio obedeceu. Ambos respiravam profundamente, a tensão entre os dois aumentava. Ela então olhou com severidade para ele e disse:

- Gaudêncio, se eu pegar você mais uma vez usando minhas roupas, você está despedido!!!
Entendeu??? DES - PE - DI -DO!!!!!!!!!!!!!!

   /),,/)
  ( ' , ' )
=(,,)=(,,)=

Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"


***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 21/12/2005
Código do texto: T88896

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146141 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:28)
Dama De Negro