Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sei que sou uma luz que fala...

Eu sei que sou uma luz que fala ...
Nem certo, deste lugar comum
Luz de qual Jardim que você deseja
Que reflete aquilo que tanto deseja
Luz que ofusca a própria razão
Sem razão de ser sua própria luz
Eu sei que sou um caminho tortuoso
Tão tortos e toscos são os caminhos
Que pouco explicam
Só observam o tempo passar
Você passando por mais um dia
Eu sei que sou outra roupa velha
Pronta para ser rasgada
Na próxima esquina da vida
Passado passando o tempo
Eu sei que sou um Porto seguro
Que nem sempre sou aportado
As flores aos meus cuidados
Flores de luz próprias
Eu sei que falo demais
Palavras que nem sempre agradam
E espero que pensem um pouco mais
O pensar intransigente intriga
E por exigir, exijo demais
Eu sei que quero amor
E falo em luz todos os dias
E tenho muito mais dias
Anos para viver só com minha luz
Eu sei que quero amor
E amo por amar tanto
Sofrendo com a minha própria luz
Uma luz na solidão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 01/04/2005
Código do texto: T9042
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:09)
Peixão