Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resumo "Triste Fim de Policarpo Quaresma" - 1ª Parte - Cap I

Aviso: Não deixe de ler o Livro! Esse é apenas um resumo humorado mas sério para a E-15! Mas não impede que outros leiam, pois o texto pode ser entendido mesmo que as piadas não sejam! Inclusive não deixem de ler E-15! O livro tem linguagem simples e NÃO É CHATO COMO TODO MUNDO FALAVA!

I - A lição de violão

Policarpo Quaresma, mais conhecido como Major Quaresma era um homem de hábitos extremamente pontuais. Toda a vizinhança o conhecia assim. Tinha também um vasta biblioteca. Ultimamente seus hábitos tem mudado e logo percebe-se que Major levara para casa um violão, o que chocou a vizinhança...Policarpo havia virado seresteiro??? Um escandalo para aquela época...e olha que eles nem conheciam os rockeiros ainda hehe...
Policarpo decide aprender a tocar violão devido seu gosto por modinhas, gênero nacional. Alias algo muito importante é que Policarpo valorizava tudo que era nacional, caracteristica do modernismo e caracteristica do Gago, por exemplo em uma parte da narrativa Policarpo diz que ouve alguem falando que sonha em ir a Europa e já é reprendido pelo Major que diz que tem uma terra linda e sonha em conhecer outra, seria a mesma coisa que se o Gago tivesse um filho e o sonho do "Gaguinho" fosse conhecer Cornélio, sendo que ele nasceu na gloriosa BANDEIRANTES! Sua irmã Adelaide mostrava descontente com esse nova mania do irmão. Quaresma logo arruma um professor para dar-lhe aulas, seu nome Ricardo Coração dos Outros, muito conhecido por sua competencia musical. No jantar inclusive Lima Barreto deixa mais presente o espirito nacionalista de seu personagem quando narra que Adelaide queria fazer uma receita francesa de frango com ervilhas e Policarpo não deixa sugerindo que ela devia usar uma especie de feijao branco para o cardapio ficar mais brasileiro. Antes disso Ricardo e o Major começam a aula, detalhe não sei até agora se Policarpo estava aprendendo violão ou viola, ja que começam com ré sustenido o.O e esse acorde é foda pra iniciantes...mas bem depois Ricardo Coração dos Outros começa a tocar uma musica e logo a vizinhaça vai se chegando e vendo...tipo alimentação pra mendigo em praça publica...junta bastante gente hehe
Nisso chega Ismênia, uma conhecida que tá sempre pra casar e nunca casa, deve ser alguma coisa com uma hora vai dá outra não vai dá, dá, não dá...é até comentado isso de casa, não casa no livro...não dessa forma claro =D. Por fim o que queria Ismênia era convidar Ricardo a cantar na casa dela a pedido do pai. E para lá foram.
Fim

Em breve Cap II
Vilela
Enviado por Vilela em 30/03/2008
Reeditado em 02/04/2008
Código do texto: T923379

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vilela
Cornélio Procópio - Paraná - Brasil, 23 anos
27 textos (16385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 18:48)
Vilela



Rádio Poética