Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRELA CADENTE

Olhei ao longe um menino;

Aliás, nem tão criança

Olhos molhados , rosto cansado

Irradiava a desesperança

- Meu prezado já é tarde,

Aconteceu algum problema

Percebo em você algum dilema.

-Amigo, agradeço a sua preocupação

Realmente nem uma luz vislumbro

Para mim é o fim do mundo

Desculpa minha emoção,

Mas, são momentos difíceis,

É muita, muitíssima decepção

Se antes solitária era a estrela,

Hoje nem mais consigo vê-la

E na maldade dessa gente

Estão chamando o meu "FOGÃO"

De simples estrela cadente.

É muita tristeza, haja coração
Enorê Rodrigues
Enviado por Enorê Rodrigues em 17/01/2006
Código do texto: T99848
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enorê Rodrigues
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
123 textos (11884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:42)
Enorê Rodrigues