Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INVASÃO DA FORTALEZA

Vive, num cantinho da roça,
Um rato de má carantonha
Enquanto o gato se coça
Ele devora o milho da pamonha.

Limpa os bigodes na palha
Deixando os sabugos no chão,
Ri da vigilância que tem falha
Do felino guardião.

Corre pra sua pequena toca
Pra dormir empanturrado,
E a pauladas a mulher toca,
Do milharal devastado,

O gato que não serve pra vigiar.
Só pensa em comer em demasia,
Lamber-se e dormitar
E agora de barriga vazia

Terá de miar em outra freguesia,
Sempre fugindo de coça
Igual a que lhe deu a Maria.
Será motivo de troça

Entre os gatos da redondeza
Contando a história do rato
Que invadiu a fortaleza
De um descuidado gato,

Hoje perambulando sem tino
À procura de casa e comida,
Desde que não tenha rato cretino
Pra atucanar sua vida.

12/03/06.

(historieta infantil)
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 12/03/2006
Reeditado em 21/04/2011
Código do texto: T122074

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343245 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:32)
Maria Hilda de Jesus Alão