Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Pardal

Pobrezinho do passarinho

Que nasceu lá na cidade

Caiu de dentro do ninho

Para sua infelicidade.

 

Era um pardal

O pobre do passarinho

Que mal sabia voar

E mesmo sendo filhote

Teve logo que aprender

Como deveria fazer

Para se salvar.

 

Do chão olhou para o alto

Não viu um galho sequer

Migalhas no chão...nem pensar

E o pardalzinho desconsolado

Se pôs então a piar.

 

Desconsolado e perdido

Sozinho e assustado

Criou forças

Voou alto

Deixando a cidade lá embaixo.

 

Voou longe

Cruzou o mar

E logo encontrou uma floresta

Com muitas arvores

Onde pode se abrigar.

 

Muito feliz e contente

O pardal se alimentou

Bebeu água fresca da fonte

E muitos amigos arrumou.

 

Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 23/04/2005
Código do texto: T12703

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Augusta Schimidt
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
366 textos (532045 leituras)
4 e-livros (6968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:14)
Augusta Schimidt

Site do Escritor