Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teatro Infantil As Fantasias das Frutas

Teatro Infantil, para ser representado por crianças,
Onde cada uma, virá vestida de acordo com a cor da
Fruta que representa, e como não sou compositor musical,
Então se houver algum músico, que componha uma
Musiquinha a condizer, pode compor. Mas se não é pedir
Muito, agradecia para a mandar gravada, pela internet.
Muito obrigado J. Rodrigues (31)
   
          A menina cerejinha!
  Eu sou a cerejinha muito vermelha,
A minha mãe é a arvore cerejeira!
Fico rubra quando o sol espelha,
Todos me admiram a vida inteira!
   
     A menina laranjinha!
Eu sou a laranja suculenta,
Filha da famosa laranjeira!
Tenho vitamina c que alimenta,
Sou uma fruta verdadeira!
   
          A dona abóbora
A gorda da dona abóbora coitada,
Estende-se pelo chão tão corpulenta!
Arrasta-se por ser muito pesada,
Só serve para sopas suculentas!
     
Sei-me apresentar; todos me conhecem,
Posso ser gorda e muito pesada!
Mas também sirvo para doces,
Apreciada por adultos e pequenada!
   
         O senhor melão
Sou conhecido como o bom melão,
Embora cresça e nasça na terra!
Como a abóbora mas menos pesadão,
Sou aromático e todos me esperam!
   
          A menina maçã
Sou a doce maçã filha da macieira,
A toda a hora muito apreciada!
Entre as frutas do pomar a primeira,
Comida ao natural, cozida ou assada!
   
          A menina melancia
Nenhuma se iguala a mim; a melancia,
Sou fresca carnuda e muito encarnada!
Sou fresca mas não tenho fantasia,
Se me abrirem fico toda corada!
 
           A menina banana!
Sou da família das bananas saborosas,
Quando madura visto-me de amarelinho!
Para todos somos preferidas e apetitosas,
A minha cor madura é igual ao canarinho!
   
           O menino morango!
Sou o saboroso morango, vermelhão,
De mim fazem-se doces e saladas!
Não me desprezo de nascer no chão,
O meu sabor deixa as pessoas encantadas!
   
           O menino abacaxi!
Sou um abacaxi saboroso e divinal,
Dizem que faço bem à saúde!
Por isso fico contente afinal,
Sou comido sempre em rodelas amiúde!
 
Sou a manga nascida no mangal,
Se me provarem não vão esquecer!
Sou fruta carnuda muito especial,
Mas deixem-me amadurecer!
         
         Todos juntos cantem!
Nós frutas separadas ou juntas,
Comidas em doce assadas ou natural!
Sabemos bem em salda de frutas,
Se nos provarem temos sabor especial!
       J. Rodrigues 20/06/2009


Galeano
Enviado por Galeano em 18/07/2009
Código do texto: T1706686
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 78 anos
412 textos (96760 leituras)
14 áudios (1962 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/11/14 06:49)
Galeano



Rádio Poética