Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assoando nariz com feijão

Uma vez quando tive vontade de ir ao banheiro, vocês não vão me perguntar pra quê, né?! ...rs... era depois do almoço, dia de semana, minha vó estava lá em casa, minha mãe tinha feito feijão fresco e deixou o saco aberto em cima da mesa vermelha da cozinha...tem até hoje a mesa, sabia? A minha mãe e minha vó estavam conversando na sala, não...peraí elas estavam cochichando...rs, elas pensam que não sei...rs.  Aí, tive uma idéia nem sei porque.. peguei uns cinco caroços de feijão e fui pro banheiro com eles bem escondidinhos na mão, foi fácil pegar, ninguém viu...rs
Aí, entrei e sentei no vaso, tranqüila, momento de transe como disse meu amiguinho “Chiquinho” (Francisco Coimbra), olhei pros feijões e enfiei eles no nariz, dois num e três  noutro, de repente dei o maior desespero e comecei a gritar, chorar, num instantinho minha mãe e minha vó vieram ver o que estava acontecendo e eu não sabia assoar ainda, meus pés ficavam pendurados quando eu sentava no vaso, mas minha vó me deixou calma e me ensinou como se assoava e sem perceber eu botei os caroços de feijão pra fora que nem catarro quando escorre do nariz...mas quase fiquei sem ar...nunca mais!!!
Dessa vez eu não apanhei, mas que sufoco e ainda sentada pelada no vaso, até esqueci o que eu fui fazer lá...
Perereca
Enviado por Perereca em 21/05/2005
Código do texto: T18834
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Perereca
Recife - Pernambuco - Brasil
68 textos (14176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:34)