Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu gatinho

Meu gatinho ...

O gato preto estava esticado na árvore. De lá desceu e queria roubar meus sapatos...
Lutei com ele até deixá-lo caído ao chão. Ele era mágico e se transformou.

A minha frente, durante a transformação do gato, mil formas coloridas rodopiavam, como no girar de um carrossel, tudo muito rapidamente as imagens iam se multiplicando, cheguei a ficar meio tonta.

No fim saltou para perto dos meus pés um lindo gatinho cinzento e amarelado, com olhos esverdeados. Começou a lamber-me a miar, como a pedir um pouco de colinho.

Era tão lindinho que o coloquei no colo. Mas logo veio outra transformação, ele parecia zangado, deu um miado mais forte e pulou para fora de beus braços, deixando-me toda marcada com seus arranhões.

Que decepção, o lindo gatinho não gostou do meu carinho. Quase acordando do sonho, notei que o gato preto estava morto. Quem o matou, me senti meio culpada. Para mandar a culpa para longe, acordei. Encontrei em cima de meu armário o gato cinzento
que eu tanto amava e como ele todos os dias brincava. Era meu brinquedo preferido o gato de pelúcia cinzento e amarelado. Presente de alguém muito especial. Minha tia que fazia bichinhos de pelúcia e bonecas de pano.

Meu gatinho deve estar em algum cantinho do passado, em minha infância cuidando da menina medrosa e assustada, que um dia eu fui.
Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 14/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T216418

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:28)